As 3 regras básicas do investidor consciente.

inovar_responde_novo
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Sempre me perguntam e eu mesmo me pergunto se devo ou não investir em determinada empresa (bolsa de valores), respondendo tantas vezes essa pergunta criei três regras básicas para analise de empresas.

Regra nº 1: Gostar da empresa

O futuro está IMPLÍCITO

Resumidamente uma empresa é uma organização criada para atender pessoas, se essa empresa atende e cuida bem dos clientes significa que em outra ocasião o cliente possivelmente retornará.

Cliente retornando significa continuidade, que significa (mas nem sempre) lucro, que significa possibilidade de crescimento.

Regra nº 2: Deve dar lucro

Boa gestão

Na administração de empresas aprendemos que o objetivo principal da empresa é dar lucro, afinal o lucro é que possibilita a existência das empresas.

No mundo dos investimentos em bolsa de valores, bem como investir em qualquer outra empresa isso é uma máxima, imagine-se comprando uma padaria, o que você analisa para tomar a decisão de comprar ou não esse negócio?

Com certeza você vai querer saber se a padaria dá lucro ou prejuízo, afinal você não vai querer um negócio para em seguida perder dinheiro ou mesmo quebrar.

Uma boa gestão financeira tem como prêmio o LUCRO, é esse o troféu do bom administrador, é a recompensa do acionista (você).

Regra nº 3: Não estar endividada

Novamente boa gestão

O endividamento de uma pessoa é diferente de uma empresa, mas uma dívida alta é extremamente negativo tanto para você como para empresas.

Resumidamente endividamento pode ser sinal de crescimento usando o dinheiro dos outros e consequentemente pagamento de juros, como pode ser sinal de má gestão.

Não se engane, endividamento é normal nos negócios, mas altas dívidas (na minha opinião) é algo sempre ruim por alguns motivos:

  • Diminui o lucro (pagamento de juros)
  • Diminui margens para uma provável alteração de preços e combate a concorrência.
  • Impossibilita o aproveitamento de oportunidades.

O endividamento de empresas de forma consciente não é algo ruim, mas esse assunto abordarei no futuro. Por hora acredito ter lhe ajudado a não se meter em enrascadas.

Essas 3 simples regras pode lhe ajudar a obter o sucesso inicial para investir, seja na bolsa de valores, seja comprando um negócio próprio.

Tem alguma sugestão ou dúvida? os comentário estão abertos aí em baixo.

Forte abraço e que Deus lhe abençoe.

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *